Não é preciso ter olhos abertos para ver o sol, nem é preciso ter ouvidos afiados para ouvir o trovão. Para ser vitorioso você precisa ver o que não está visível.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

PEDOFILIA: PROFESSOR É DENUNCIADO POR GRAVAR IMAGENS DAS ALUNAS NUAS EM UPANEMA-RN USANDO CELULAR ESCONDIDO


Mossoró Hoje-Um professor de geografia, de 34 anos, foi afastado de suas funções na Escola Estadual José Calazans Freire, no Centro de Upanema/RN, no início desta semana. 

O motivo: ele estava levando adolescentes para tomar banho de piscina num sitio perto da cidade de Upanema e lá destinava um quarto para as meninas trocarem de rouba para entrarem na piscina. 

Neste quarto, o professor deixava um celular escondido com a câmera ligada para gravar imagens das meninas colocando biquines. Neste final de semana, as meninas descobriram o celular. 

O aparelho estava ligado, estrategicamente localizado no bolso de uma calça pendurada no quarto, com a câmera virada para as meninas. No celular, as meninas contaram que viram dezenas de vídeos das colegas se trocando e nuas. 

As meninas relataram que saíram do quarto assustadas, perguntando de quem era o celular e o professor Abimael Medeiros, se mostrando surpreso para as jovens, assumiu que o aparelho era dele. 

As meninas voltaram para suas casas na cidade de Upanema e o professor não foi mais visto. O fato foi comunicado a Polícia Civil, a Polícia Militar e também na direção da escola José Calazans Freire, que fica no Centro da cidade. 

O diretor da escola, professor Diógenes Matoso, confirmou o fato ao MOSSORÓ HOJE. Ele disse que o professor foi afastado de suas funções pela direção da escola até que o caso seja apurado. Ele se mostrou surpreso com o fato. 

O município de Upanema, distante 40 km de Mossoró, está sem delegado titular. Quem está interinamente no cargo é o delegado André, que é o adjunto da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró. 

Este delegado passou a noite no plantão da Polícia Civil em Mossoró na noite de quarta para quinta-feira, 7, e quando tentando um contato com ele estava descansando. 

O delegado regional Denis Carvalho da Ponte destacou que a denúncia das jovens adolescentes, que está exposto nas redes sociais, é muito grave e passivo de investigação. 

As jovens nas redes sociais estão protestando exatamente porque ainda não foram adotadas providência previstas em lei contra o professor de geografia delas. Elas divulgaram também nos grupos a foto do professor, classificando-o de pedófilo. 

Ao tomar conhecimento do fato, a população da cidade ficou indignado. “Todos aqui na cidade estão indignados com este fato”, destaca um morador (pediu para não revelar o nome), mostrando a revolta das estudantes nas redes sociais. 

O MOSSORO HOJE tentou um contato com o professor através de um número fornecido pelas alunas, mas estava desligado. Nesta sexta-feira, 8, faremos novas tentativas.

←  Anterior Proxima  → Inicio

OLHA A HORA

VOCÊ ONLINE

FAN PAGE, CURTA

SIGA-NOS NO TWITTER

CLIC E VEJA OS FATOS HISTÓRICOS POR DATA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VISITAS PELO MUNDO

AS SETE MAIS LIDAS

CADASTRA SEU E-MAIL