ORGULHO DE SER NORDESTINO. A IMPRENSA É A VOZ DOS OPRIMIDOS E O TERROR DOS MALFEITORES. (JUAHREZ ALVES)

sábado, 16 de setembro de 2017

FIGURAS RELIGIOSAS E SAGRADAS NÃO PODEM SER "EXPOSTAS AO RIDÍCULO”: JUIZ PROÍBE PEÇA DE TEATRO QUE REPRESENTA JESUS COMO MULHER TRANSGÊNERO

Foto: Divulgação


Uma decisão judicial proibiu a exibição de uma peça de teatro. Trata-se de O Evangelho segundo Jesus, rainha do céu, que estrearia no Sesc em Jundiaí (SP) nessa sexta-feira (15/9) e retrata Jesus Cristo como uma mulher transgênero nos dias atuais. A decisão é do juiz Luiz Antonio de Campos Júnior, da 1ª Vara Cível da cidade. Para ele, figuras religiosas e sagradas não podem ser "expostas ao ridículo".
O espetáculo se propõe e recontar passagens bíblicas sob uma perspectiva contemporânea e promover a reflexão sobre a opressão e intolerância sofridas por transgêneros e minorias em geral, destacando que a mensagem cristã é de amor, perdão e aceitação. Em nota, o Sesc informou que recorreu da decisão para garantir a exibição do espetáculo, que “provoca reflexões em torno de questões de gênero”. Matéria completa AQUI
←  Anterior Proxima  → Inicio

OLHA A HORA

VOCÊ ONLINE

FAN PAGE, CURTA

SIGA-NOS NO TWITTER

CLIC E VEJA OS FATOS HISTÓRICOS POR DATA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VISITAS PELO MUNDO

AS SETE MAIS LIDAS

DICAS DE LEITURA

CADASTRA SEU E-MAIL